Coronavírus: Saiba como se proteger

Tempo de leitura: 3 minutos

Infelizmente a notícia que os brasileiros não desejavam ouvir foi confirmada atrás: casos de coronavírus foram identificados no Brasil, incluindo óbitos.

Primeiramente, ressaltamos que não é importante que as pessoas não entrem em pânico: apesar da declaração de pandemia pela Organização Mundial de Saúde, os casos tem sido tratados no Brasil com toda seriedade e controle. O mais importante nesse momento é estar alerta e informado sobre a origem e sintomas da doença.

Mas o que é o coronavírus? E o sintomas?
Os coronavírus são uma família de vírus já conhecida pelo homem: eles foram responsáveis pela epidemia de SARS na Ásia no começo dos anos 2000 e da Síndrome Respiratória do Oriente Médio, ou MERS, que atingiu o Oriente Médio em 2014. Ele afeta as vias respiratórias e se espalha por vias aéreas, por exemplo, contato com a saliva ou partículas expelidas ao tossir. As pessoas infectadas com o vírus apresentam sintomas que se parecem com o de um resfriado normal, logo, a pessoa contaminada tem febre, tosse e dificuldade aguda em respirar, sendo isso, algo importantíssimo de se notar, principalmente se a pessoa esteve recentemente em algum dos países com casos confirmados e apresentar outros sintomas.

Como se proteger do vírus?
Devido a forma de transmissão, recomenda-se, como principal forma de prevenção, lavar as mãos constantemente, com água e sabão. É importante evitar levar as mãos ao rosto, boca e nariz durante o dia assim como proteger com o cotovelo ao espirrar ou tossir. Também é indicado manter sempre álcool em gel dentro da bolsa e mochila, assim você pode higienizar as mãos mesmo quando não puder usar água e sabão. Já em relação a máscara (utilizada comumente em locais onde os casos de infecção são maiores, como na China, por exemplo) deve ser utilizada apenas com indicação médica.

Como dissemos no inicio do texto, não entre em pânico. Muitos países tem fechado fronteiras e imposto dificuldades a turistas, então se estiver em seus planos viajar para países afetados pelo coronavírus, busque contato com seu agente e tente reagendar a viagem. Vá apenas se realmente for necessário. Indo, é imprescindível que você tome todas as medidas de seguranças indicadas, incluindo na lista, dar preferência a alimentos cozidos e não compartilhar talheres e objetos pessoais.

Ao apresentar sintomas de gripe, não vá ao hospital. Isso pode contaminar você (caso você não esteja com o COVID-19) além de poder contaminar pessoas. Caso apresente sintomas mais visíveis, como febre recorrente e falta de ar constante busque ajuda na unidade básica de saúde mais próxima para ser examinado. O Ministério da Saúde mantém na site coronavirus.saude.gov.br e no app “Coronavírus” (disponível para Android e iPhone) informações importantes sobre como se proteger do vírus, o que você precisa saber e fazer assim como as atualizações dos casos nacionais e ações importantes. A informação é a melhor arma nessa guerra com um inimigo invisível.

Cuide-se e proteja-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *