Carnaval e sexo seguro: um match que dá certo

Tempo de leitura: 3 minutos

A época mais animada do ano está chegando! O Carnaval é uma das festas mais populares do Brasil e atrai multidões que desejam curtir, dançar e, é claro, beijar na boca. Mas preste atenção! Antes de cair na folia, é bom ficar de olho na sua saúde, principalmente se os beijos evoluírem para momentos mais íntimos. Os números não mentem: são registrados um milhão de novos casos de contágio por IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis) a cada dia no mundo, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde.

Para você aproveitar ao máximo o Carnaval, nós, da G-Tech, preparamos uma série de dicas para você se divertir enquanto se protege:

USE PRESERVATIVO
Todo mundo sabe que o preservativo (a popular camisinha) é o método mais famoso, acessível e eficaz para a prevenção de IST, como HIV, sífilis e gonorreia. Ainda assim, algumas pessoas andam desligadas na hora H: segundo o Ministério da Saúde, entre os brasileiros na faixa etária de 15 a 24 anos, apenas 56,6% usam camisinha durante a relação sexual.
E a proteção na hora do sexo é responsabilidade dos dois, hein? Existem tanto a camisinha masculina, que deve ser colocada com o pênis ereto antes da penetração, como a feminina, que pode ser colocada horas antes da transa. E o melhor de tudo: os dois modelos são distribuídos gratuitamente nos postos de saúde e hospitais por todo o Brasil.
E nada de reaproveitar o preservativo ou colocar duas camisinhas ao mesmo tempo, pois elas podem romper ou estourar.

FAÇA USO DA PREP (PROFILAXIA PRÉ-EXPOSIÇÃO)
A Profilaxia Pré-Exposição é um método preventivo do HIV e consiste em tomar um comprimido diário, composto por dois medicamentos, para impedir a infecção do organismo pelo vírus. É importante tomar o remédio todos os dias para obter o máximo efeito, que começa a ocorrer após 7 dias de uso para relação anal e 20 dias de uso para relação vaginal.
Para fazer uso da PREP, é imprescindível as visitas a um profissional da saúde, que irá analisar a real necessidade de uso do medicamento e acompanhar os efeitos no sistema imunológico. Os remédios são distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde.
Não se esqueça que a PREP não protege você de outras IST como sífilis, clamídia e gonorreia. Para isso, você deve utilizar outra forma de prevenção combinada aos medicamentos, como a camisinha.

BUSQUE A PEP (PROFILAXIA PÓS-EXPOSIÇÃO AO HIV)
Acabou transando sem camisinha ou passou por uma situação de risco? Não perca tempo e vá direto a uma unidade médica para pedir a PEP, que é uma medida preventiva de urgência a base de medicamentos com o objetivo de reduzir o risco de adquirir as infecções.
O tratamento deve ser iniciado de preferência nas primeiras duas horas após a possível exposição e em no máximo 72 horas após. O tratamento dura 28 dias, deve ser acompanhado por um profissional médico e é totalmente gratuito pelo SUS.

FAÇA O TESTE DE IST
Os testes para diagnósticos de HIV (vírus causador da AIDS), sífilis e hepatites B e C são disponibilizados gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde. Basta se dirigir a uma unidade de saúde e realizar a coleta de fluido oral ou sangue, que poderá ser realizada de forma anônima.
Fique atento: caso o resultado dê negativo, repita o teste após pelo menos 30 (trinta) dias para garantir que não houve infecção.

Anotou todas as dicas? Então já sabe, né? Nesse Carnaval, dê match no seu crush e na sua saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *