Quer parar de fumar? Veja dicas para enfrentar esse momento

Tempo de leitura: 2 minutos

O Dia Mundial Sem Tabaco foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1987, com o objetivo de alertar sobre riscos relacionados ao seu consumo. De acordo com a entidade, o tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo. O Instituto Nacional de Câncer (Inca), órgão responsável pelas políticas de controle e tratamento do tabagismo no Brasil, estima que 428 brasileiros morram por dia em razão da dependência de nicotina.

Mas calma. Nem tudo é notícia ruim! Segundo o Ministério da Saúde, o número de fumantes brasileiros vem caindo. Entre 2006 e 2017, houve uma redução de 36% no consumo de tabaco nas capitais brasileiras. E se você é fumante e está pensando em abandonar o mau hábito, que tal aproveitar essa data para começar a transformação?

Confira, a seguir, algumas dicas que preparamos para lidar com esse momento.

Procure um médico
Largar o cigarro não é fácil e o corpo sente os efeitos da mudança. Durante esse processo, é normal apresentar sintomas como irritabilidade, sonolência, falta de concentração, entre outros. Por isso, é muito importante contar com o auxílio de um médico, que avaliará, de acordo com seu perfil e grau de dependência, o melhor tratamento para chegar ao objetivo final.

Faça terapia
Em paralelo ao corpo, a mente também dá sinais de instabilidade em decorrência da falta de tabaco. E como não existe corpo sadio sem mente saudável, tratar-se com um psicólogo é essencial para enfrentar a ansiedade e o estresse típicos desse momento. Com a terapia, é possível entender os gatilhos que acionam sua vontade de fumar e aprender a lidar com eles, sem precisar recorrer ao cigarro.

Pratique atividades físicas
Os benefícios da prática de atividade física já são bem conhecidos para todos, mas você sabia que apenas 15 minutos caminhando ou correndo devagar ajudam a combater os sintomas de abstinência da nicotina? Isso acontece por causa da ativação de determinados receptores no cérebro que causam satisfação. Então guarde bem essa informação e escolha a atividade que mais te agrada!

Tenha calma e paciência
A tarefa de abandonar o cigarro é, sem dúvida, uma das mais difíceis que existem. Para ser bem-sucedido nessa empreitada, é preciso ter calma e paciência. Nada muda de uma hora para outra e somente exercitando essas virtudes é que você encontrará força e estímulo para se livrar do vício. Técnicas de relaxamento, como o mindfulness, podem ser grandes aliados nesse sentido.

Procure novas atividades que sejam prazerosas
Se o ato de fumar está relacionado a uma sensação de prazer e relaxamento, que tal buscar outras experiências que causem percepção semelhante? Aproveite esse momento para se dedicar mais a atividades que te tragam satisfação, mas que, por algum motivo, você não pratica muito, ou busque novas opções para se distrair.

Gostou das dicas? Então comece hoje mesmo a colocá-las em prática e boa sorte nesta caminhada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *